Um menino com autismo de Illinois, nos Estados Unidos, esperou seis anos para conhecer o Papai Noel. O presente veio este ano: o encontro ocorreu da forma tão emocionante que viralizou nas redes sociais.

Baiz Weerts tem oito anos e desde os dois tinha o sonho de conhecer o bom velhinho. No entanto, a mãe Sheila Seelye explicou ao programa ‘The Today Show’ que o filho possui um transtorno de ansiedade chamado mutismo seletivo. Ele fala normalmente em casa, mas não consegue se expressar em ambientes sociais. Então seus medos e ansiedade o faziam congelar toda vez que chegava perto do personagem.

Portanto, o encontro entre Baiz e Papai Noel, no dia 17 de Novembro, foi chamado de “milagre de Natal” pela mãe.

Seelye levou os filhos ao shopping, pois a irmã de Baiz, Layna, queria uma foto com o personagem.

“Baiz ficou triste porque queria seguir Layna, mas não conseguia”, contou a mãe ao programa. Conforme a frustração foi aumentando, ele subiu no carrinho de compras e começou a chorar.

Em uma publicação no Facebook, Seelye relatou que o Papai Noel percebeu a presença do menino e, após atender a irmã, aproximou-se dele devagar, fez carinho na cabeça para acalmá-lo e disse: “está tudo bem, amigo. Você vai ficar bem”. Em seguida, deu um pirulito e um adesivo.

Segundo a mãe, no final do encontro Baiz estava chorando de alegria e sorrindo. “Quando estávamos na cama ele me disse: ‘acredito que esse era o Papai Noel real, mamãe. Eu sinto na minha alma'”.

Fechar X
Sem mais artigos