Ao perceber um veículo passando em alta velocidade, o policial William Kimbro começou a seguí-lo, e ordenou que parasse no acostamento. Mas mal sabia ele que aquela pressa toda tinha um motivo.

As filmagens da câmera de William mostram que, ao se deparar com uma mãe desesperada pela vida de seu bebê. Nisso, a mãe explicou: o bebê de 12 dias tinha parado de respirar após beber da mamadeira.

Após perguntar calmamente o nome da bebê, Riley e da mãe, William começa a tentar ajudar. “Vou checar se ela tem batimentos”, ele diz. “Ok, consegui achar, ela tem batimentos.”

Ele começa a dar tapinhas no peito da nenê enquanto a mãe conta que ela engasgou no leite enquanto dormia. “Vamos, bebê, chore, chore pra mim. Abre esses olhos pra mim”, William diz. Nisso, Riley solta um chorinho.

O policial explica que isso é sinal de que Riley está respirando, e diz que está preocupado com seus lábios azuis. Quando a ajuda médica chega, ele explica que realizou massagem para que o bebê respirasse.

“William pegou o corpinho do bebê e realizou procedimentos de primeiros socorros. Por isso, ele pôde fazer o bebê respirar novamente até a ambulância chegar”, disse a declaração da Berkeley County Sheriff’s Office. “Por causa da resposta rápida, profissional, e heroica de William, o bebê de 12 dias está vivo.” William ganhou uma Medalha de Salva-Vidas, de acordo com a declaração.

Veja também: Menina de 12 anos ajuda mãe no parto

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos