A Starbucks Japão deu um grande passo rumo à inclusão. No sábado (27), a famosa rede de cafeterias abriu a primeira loja do país focada no público com deficiência auditiva. Seus 19 funcionários também fazem parte da comunidade surda.

A unidade fica na cidade de Kunitachi, localizada na província de Tóquio. De acordo com a empresa, a loja se apoiará na tecnologia e na arte para criar experiências imersivas em língua de sinais.

Logo na porta, é possível reconhecer que você está entrando em um local inclusivo: o nome “Starbucks” está escrito em língua de sinais tanto na placa, quanto nos aventais. Para realizar o pedido, o cliente pode escolher o método que se sente mais confortável: comunicar-se por libras,  apontar, escrever, ou usar um aplicativo que transcreve o que você fala, tipo de ferramenta que facilita a comunicação daqueles que não compreendem a língua de sinais.

Nas lojas tradicionais, os atendentes chamam os clientes pelo nome no balcão. Na de Kunitachi, a pessoa acompanha o andamento do pedido por uma senha e, quando está pronto, ela é chamada por uma animação em uma tela.

Esta é a quinta loja da Starbucks de língua de sinais. A primeira foi inaugurada em Kuala Lumpur, na Malásia, em 2016. As outras estão em Washington D.C. (EUA), Cantão (China) e Penang (Malásia).

Fechar X
Sem mais artigos