Thando relatou ao jornal que sofreu bullying durante a infância, principalmente na escola (Créditos: Justin Dingwall)

Thando relatou ao jornal que sofreu bullying durante a infância, principalmente na escola (Créditos: Justin Dingwall)

A fim de quebrar os tradicionais conceitos sobre beleza impostos pela sociedade, a sul-africana Thando Hopa, de 25 anos, que é albina, decidiu se tornar modelo e, apesar das dificuldades para seguir na carreira, a jovem, que também é advogada, garante que não vai desistir: “Meu slogan agora é: ‘Um tom diferente do normal’”.

O trabalho no mundo da moda começou após a insistência do estilista Gert-Johan, que convidou a bela jovem para ser a estrela de sua nova campanha.

“Finalmente decidi que beleza é uma decisão, e vou ser bonita apesar do que as pessoas dizem. Quando ele me falou, fiquei de pensar. Aí conversei com a minha irmã e ela disse: ‘Veja isso como uma oportunidade de mudar a percepção que as pessoas têm sobre o albinismo. Lembre-se de como você cresceu e como as pessoas tratavam você”, disse Hopa em entrevista ao Daily Mail.

Para ela, a maior superação de sua carreira foi aprender a se aceitar exatamente do jeito que é; tanto que assim que se tornou modelo, a sul-africana parou de usar roupas e maquiagens que escondessem a cor de sua pele.

Fechar X
Sem mais artigos