Tony está sendo acusado de abuso sexual por tapinha nas costas de agente

Um turista britânico está passando por maus bocados no Egito. O que era para ser uma viagem tranquila com amigos e a família pelo país africano acabou em prisão por um suposto simples ato. Tony Camoccio foi preso acusado de abuso sexual, após dar um “tapinha” nas costas de um agente da Imigração para agradecê-lo.

 

 

Foi o que contou a mulher e o filho do turista de 51 anos. O ato aconteceu pouco antes do embarque de volta para casa. Joan, de 53 anos, mulher de Tony, e o filho Remo, de 26, continuam na África à espera de uma resolução.

 

Tony está preso em uma cela sem teto na cidade de Hurghada. Segundo amigos do empresário britânico, ele havia sido tocado pelo agente antes de dar o tal tapa de agradecimento. Todas as testemunhas presentes ao local no momento do acontecimento relatam que Tony realmente não fez nada demais.

 

A Justiça estendeu a detenção do turista por mais 15 dias para que a polícia possa concluir a investigação do caso. A família de Tony já lançou na Inglaterra uma petição na internet para conseguir assinaturas para a liberação do empresário.

Fechar X
Sem mais artigos