Vídeo foi lançado junto a relatório com entrevistas com mais de 30 vítimas

Ativistas gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros de países árabes no Oriente Médio e norte da África se reuniram para uma campanha contra o abuso e violência à comunidade LGBT. O vídeo No Longer Alone (Não Mais Sozinhos) com relatos pessoas de vítimas foi divulgado nesta segunda-feira (16). As informações são do site Human Rights Watch

“Nós não queremos mais ser vítimas” disse Zoheir, um ativista gay da Algeria. “Queremos falar sobre a realidade, sobre a violência, mas também mostrar o que é positivo”, afirmou. O vídeo foi divulgado junto a um relatório composto com 34 entrevistas com ativistas de 16 países árabes entre julho de 2017 e março de 2018.

A campanha encoraja jovens LGBTs a lutarem por direitos. “Religiosos, o governo, seus pais – eles sempre têm algo para falar sobre o que você tem entre as pernas. Eu quero dizer que não é assunto deles e que seu corpo, seus desejos e suas ideias dizem respeito apenas a você”, declarou a bissexual Rima, do Líbano.

Fechar X

Fechar X
Sem mais artigos