Chrissy Chambers

Divulgação Chrissy Chambers

Chrissy Chambers passou de estrela do YouTube a ativista contra a “pornografia de vingança” após ter vivido uma experiência traumática por conta de um ex-namorado.

“Eu literalmente caí no chão e senti como se estivesse sendo atingida por um bastão de baseball. Descobrir que o vídeo existia e descobrir que isso aconteceu… era como se meu mundo estivesse caindo”, afirmou à BBC.

Desde então, ela entrou na Justiça e se tornou um símbolo dos danos causados pela “pornografia de vingança”. Esta semana, saiu o resultado, Chrissy venceu o caso e receberá uma indenização e os direitos sobre os vídeos.

“O mais importante é que meu caso abriu jurisprudência para outros desse tipo, para ajudar outras vítimas”, celebrou.  “Foi muito doloroso para mim, mas sabendo que eu tinha todas essas outras pessoas que nos apoiaram, senti uma grande responsabilidade para me defender e buscar a Justiça. Eu queria dar um exemplo no caso de isso um dia acontecer com elas”, disse.

“Agora, se voltarem a compartilhar algum dos vídeos, eu posso pedir diretamente que os retirem do ar e acionar os meios legais”, completou. Logo após a senteçã, ela pediu sua namorada, Bria, em casamento.

Fechar X
Sem mais artigos