A Miss Amazonas não é pioneira no negócio de arrancar a coroa da eleita. Quem lembra do Miss Brasil Gay de 2009? A vencedora daquela edição, Ava Simões, também teve a coroa e peruca arrancadas por uma rival no concurso.

Ava gravava uma entrevista para TV de Juiz de Fora (MG), onde aconteceu o concurso,  quando a candidata representante de São Paulo veio por trás e pulou no pescoço dela. “A miss eleita deixa a cena para recompor. Pouco depois ressurge cercada de seguranças para mostrar que deu a volta por cima”. (O texto da reportagem é maravilhoso). E foi mesmo. “Com peruca ou sem peruca eu sou a Miss Brasil“. Dá um play.

Fechar X
Sem mais artigos