Fechar X

A peça musical O Mágico de Oz, superprodução de R$ 9 milhões dirigida por Charles Möeller e Claudio Botelho, entra em cartaz no Teatro Alfa, em São Paulo, nesta sexta-feira (22). O elenco inclui nomes conhecidos como Heloísa Perissè, Lucio Mauro Filho e Luiz Carlos Miele, mas a responsabilidade de viver a icônica protagonista Dorothy é da jovem Malu Rodrigues, que, apesar dos breves 19 anos, pode ser considerada uma veterana de teatro musical.

Com seis espetáculos no currículo, a menina de fala macia e segura garante não se intimidar com o desafio. “Durante a preparação, eu nunca parei para pensar sobre o que as pessoas achariam”, diz Malu, ao ser questionada sobre possíveis comparações com Judy Garland, intérprete de Dorothy no clássico filme de 1939. “Mas a pessoa que eu mais quero que esteja honrada com o meu trabalho é a Judy, lá em cima”, acrescenta.

Malu, que participa da série Tapas & Beijos (Globo) no papel de Bia, faz parte de uma nova geração de artistas muito jovens que cresceram fazendo teatro musical e que, com a profissionalização do gênero no Brasil, na última década, ganham cada vez mais espaço para mostrar talento em palcos de superproduções.

Para Claudio Botelho, diretor de O Mágico de Oz, da mesma forma que o mercado de teatro musical se profissionalizou e cresceu no País, a preparação dos jovens artistas para o gênero – que exige habilidades de dança, canto e atuação – melhorou na mesma proporção. “Quando começamos com isso, em 1999, as pessoas vinham para os testes cantando sambas de roda e batendo caixinha de fósforo. Hoje, esses jovens chegam preparados, sabendo se são barítonos ou tenores. Isso facilita muito”, afirma.

André Torquato, 19 anos, é outro adolescente no elenco principal de O Mágico de Oz. O ator substitui Pierre Baitelli, 30 anos, que esteve no papel do Espantalho na temporada carioca.

André, que recentemente esteve em Priscilla, a Rainha do Deserto, acredita que o crescimento do teatro musical no Brasil e o sucesso de séries de TV musicais, como Glee e Smash, colaboram para o surgimento de jovens talentos. “Isso faz com que eles tenham vontade de fazer algo. A cada dia, há mais gente preparada. Quando eu tinha 15 anos, as pessoas me viam como um garoto prodígio. Hoje, há meninos dessa idade que fazem tudo o que eu faço agora e muito mais”, diz.

Conheça, na galeria de fotos no começo da reportagem, Malu Rodrigues, André Torquato, Estrela Blanco, Jeniffer Nacimento, Renan Cruisse e Myra Ruiz, alguns dos jovens talentos que, hoje, fazem sucesso em grandes peças de teatro musical.

SERVIÇO – PEÇA O MÁGICO DE OZ EM SÃO PAULO
Quando: de 22 de fevereiro a 26 de maio/ Sextas, às 21h30. Sábados, às 16h e 20h. Domingos, às 15h e 19h
Onde: Teatro Alfa – R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro
Quanto: Sextas – R$ 40 (Balcão 2), R$ 70 (Balcão 1), R$ 120 (Plateia) e R$ 140 (Vip)/ Sábados e Domingos – R$ 60 (Balcão 2), R$ 110 (Balcão 1), R$ 160 (Plateia) e R$ 180 (Vip)
Informações: (11) 5693-4000 e 0300-789-3377
Classificação: Livre

Fechar X