O presidente da Fifa, Joseph Blatter, lamentou publicamente nesta terça-feira (12), por meio de uma publicação no Twitter, a morte do ator americano Robin Williams, encontrado sem vida ontem à noite em sua casa do norte da Califórnia.

“Muito triste notícias sobre Robin Williams. Grandes lembranças dele e de Faye Dunaway no sorteio da Copa do Mundo em 1993. Sentiremos saudades”, postou o dirigente.

Blatter completou a homenagem com uma foto da cerimônia que definiu as chaves do Mundial disputado nos Estados Unidos, em que os dois aparecem sorridentes com uma das bolas sorteadas.

Williams, ganhador de um Oscar por “Gênio Indomável” (1997), “estava lutando contra uma severa depressão ultimamente”, segundo sua porta-voz Mara BuxBaum, em comunicado ao qual teve acesso a Agência Efe.

A filmografia do americano inclui produções como “Tempo de Despertar” (1990), “Hook – A Volta do Capitão Gancho” (1991), “Aladdin” (1992), “Uma Babá Quase Perfeita” (1993), “Jumanji” (1995), “Patch Adams” (1998) e “O Homem Bicentenário” (1999), entre outras.

Fechar X
Sem mais artigos