A seleção da Bolívia atrasou nesta sexta-feira a viagem para a Argentina, onde disputará a Copa América do dia 1º ao dia 24 de julho, devido aos problemas causados no aeroporto principal de Buenos Aires pela nuvem de cinzas provocada pelo vulcão chileno Puyehue-Cordón Caulle.

A Federação Boliviana de Futebol, que originalmente tinha programado a viagem para a manhã desta sexta, informou à Agência Efe que a delegação não pôde partir e que o voo agora esta previsto para as 22h30 (horário local, 23h30 de Brasília).

Na quinta-feira, o técnico Gustavo Quinteros anunciou os 22 jogadores que disputarão o torneio pela Bolívia e incluiu na lista o brasileiro naturalizado Edivaldo, ex-jogador do Atlético-PR, e o atacante Marcelo Moreno, filho de brasileiro e que já atuou por Vitória e Cruzeiro.

Os bolivianos estão no grupo A, junto com Costa Rica, Colômbia e Argentina, adversária da estreia, no dia 1º. 

Fechar X
Sem mais artigos