Joseph Blatter, presidente da Fifa

Joseph Blatter, presidente da Fifa

As eleições da Fifa costumam ser misteriosas e nem sempre honestas. Compras de votos são comuns nesses pleitos, assim como os acordos que acabam favorecendo entidades e países nos anos seguintes. Nesta semana, os candidatos à presidência da Fifa estiveram em um congresso realizado nas Bahamas, mas quem chamou a atenção foi Osiris Guzman, presidente da Federação Dominicana de Futebol.

Em seu discurso inflamado, Guzman não poupou elogios ao atual mandatário da entidade. Alguns, aliás, foram exagerados. Segundo o dirigente, Blatter pode ser comparado a nomes históricos como Jesus, Martin Luther King, Nelson Mandela e Abraham Lincoln.

Raymond Tim Kee, presidente da Federação de Futebol de Trinidad & Tobago, não ficou atrás e também quis agradar em excesso o presidente da Fifa, chamando o de “pai do futebol”. Malucos ou apenas dirigentes aguardando um agrado?

Fechar X
Sem mais artigos