Casada com o tetracampeão mundial Mário Jorge Lobo Zagallo há 57 anos, Alcina de Castro Zagallo morreu na noite da última segunda-feira (05), aos 80 anos de idade, um a menos que o ex-jogador e técnico da seleção brasileira, no Rio de Janeiro.

Internada há dois meses na Casa de Saúde São José, no bairro de Humaitá, com insuficiência respiratória, Dona Alcina não resistiu e acabou falecendo.

Em 2006, em uma entrevista à revista ‘Isto É Gente’, Alcina disse que a superstição de Zagallo pelo número 13, sua grande marca no futebol, nasceu por conta dela. Assim como o ex-técnico, Alcina sempre foi devota de Santo Antônio, que tem como dia de sua celebração 13 de julho. Além disso, os dois se casaram no dia 13 de janeiro de 1955.

O enterro da esposa do multicampeão Zagallo, que além de seleção brasileira fez história em diversos clubes, como Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco e Portuguesa, acontecerá nesta terça-feira, às 13h, no cemitério São João Batista. Já o enterro está marcado para às 16h, no mesmo local.

Homenagem postuma

A CBF, através do presidente José Maria Marin, lamentou a morte da esposa de Zagallo em uma nota oficial publicada também na noite da última segunda-feira (05) em seu site oficial. 
 

Fechar X
Sem mais artigos