Primeiro colocado nos dois treinos livres da sexta-feira, o inglês Lewis Hamilton confirmou o favoritismo e conquistou neste sábado a pole position do Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, marcando o tempo de 1min20s953.

Hamilton já havia sido o primeiro nos treinos classificatórios na Austrália, na Malásia e na Espanha, embora em Barcelona tenha sido punido e desclassificado.

Único a baixar de 1min21s, o piloto da McLaren terá a seu lado na primeira fila na corrida deste domingo o francês Romain Grosjean, que comprovou o crescimento da Renault ao longo da temporada e largará em segundo.

Atual bicampeão e terceiro colocado na temporada, o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) ficou com a terceira posição, uma à frente do inglês Jenson Button, companheiro de equipe de Hamilton.

O brasileiro Felipe Massa foi o sétimo colocado da classificatória, enquanto o outro piloto da Ferrari e líder do campeonato, o espanhol Fernando Alonso, foi o sexto.

Bruno Senna também conseguiu se colocar no Q3 e ficou com o nono lugar do grid. O piloto da Williams obteve uma improvável volta rápida já na segunda tentativa seguida com o mesmo jogo de pneus no Q2 e acabou deixando de fora da superpole o australiano Mark Webber (Red Bull), que havia sido o mais rápido no treino livre e é o vice-líder do Mundial.

Fechar X
Sem mais artigos