Líder do Campeonato Italiano desde o começo da competição, a Juventus abriu a maior diferença na liderança até agora, sete pontos, ao vencer a Atalanta por 3 a 0 em Turim e ainda contar com um tropeço da Inter de Milão, que no sábado perdeu por 1 a 0 para a Lazio.

A Juve tem agora 41 pontos, contra 34 dos ‘nerazzurri’. A vantagem no topo da tabela pode cair para cinco, já que o Napoli (33) encerrará a 17ª rodada recebendo o Bologna ainda neste domingo, mas mesmo assim continuará sendo a maior da temporada.

Foi também o terceiro triunfo em três jogos desde que o técnico Antonio Conte voltou a dirigir a ‘Vecchia Signora’ do banco de reserva, após cumprir suspensão. Antes, o time já havia batido o Palermo, também pelo Italiano, e o Cagliari, pela Copa da Itália.

Logo aos dois minutos do primeiro tempo, Vucinic abriu o placar no Juventus Stadium. Aos 14, Pirlo cobrou falta com a categoria peculiar e marcou o segundo.

Ainda antes dos 30 minutos, aos 27, os donos da casa já venciam por 3 a 0, graças ao gol de Marchisio. E houve a impressão de que haveria uma goleada histórica, já que a Atalanta ficou com um a menos aos 31, com a expulsão de Manfredini. Contudo, a equipe ‘bianconera’ pisou no freio e não voltou a balançar a rede.

Punido com a perda de dois pontos devido ao escândalo de apostas ilegais na Itália, o time visitante soma 21 e ocupa a 11ª posição da tabela.

Com Robinho entre os titulares, o Milan venceu a quarta consecutiva goleando o Pescara por 4 a 1 no estádio de San Siro e já está em sétimo lugar, com 27 pontos, a seis da zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Os ‘rossoneri’ contaram com dois gols contra, um de Abbruscato, em cruzamento de Robinho, e um do atacante Jonathas, ex-Cruzeiro. Nocerino foi quem abriu o placar, e El Sharaawy fechou a conta, enquanto Terlizzi marcou o de honra do 18º colocado.

Também por 4 a 1, a Fiorentina derrotou o Siena e subiu para a quinta colocação, com 32 pontos. O destaque da goleada no estádio Artemio Franchi foi o atacante Luca Toni, com dois gols.

Aquilani, que marcou o primeiro, também poderia ter feito dois, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti. O brasileiro Reginaldo foi quem balançou a rede para os visitantes.

O time de Florença ganhou uma posição devido à derrotada da Roma, a primeira em cinco partidas, por 1 a 0 para o Chievo no campo do adversário. O gol foi marcado por Pellissier.

Fechar X
Sem mais artigos