Em silêncio desde que foi cortado da Copa do Mundo por conta de uma fratura de uma das vértebras, o atacante Neymar voltou à Granja Comary nesta quinta-feira (10) para reencontrar os companheiros de Seleção Brasileira, foi reintegrado para assistir à partida contra a Holanda no próximo sábado e aproveitou para conceder uma entrevista coletiva logo depois do treino comandado por Luiz Felipe Scolari. Emocionado, o jogador tentou explicar a derrota acachapante para a Alemanha e também revelou para quem torcerá na grande final do Mundial de 2014.

“Foi uma coisa inacreditável, inexplicável. Eu não consigo explicar, não tem o que explicar. Foi um apagão, acabamos tomando gols e fica difícil de reverter. Não existe o se, é muito fácil falar depois que as coisas acontecem. É difícil passar por isso, eu já passei e sei que é difícil conviver com isso. Você não consegue acertar um passe, não consegue fazer nada. Não tem explicação, não vim aqui explicar o que aconteceu na partida. Perguntei pra eles e eles falaram não tem como explicar. A gente só tem que lamentar a derrota, tem que ficar triste sim”, afirmou.

Questionado pelos jornalistas para qual equipe torcerá na decisão do próximo domingo (13), no Maracanã, entre Alemanha e Argentina, o camisa 10 da Seleção Brasileira surpreendeu com sua resposta, deixando uma das maiores rivalidades do futebol mundial de lado.

“Eu não estou torcendo pela Argentina, mas para dois companheiros. E um deles eu passei a admirar ainda mais. É um jogador de quem eu já gostava de longe, e passei a admirar também como pessoa. Vi que nos treinos ele é ainda mais especial do que nos jogos. Por isso a minha torcida é pelo Messi. Eu sou Messi Futebol Clube”, disse Neymar sobre a decisão da Copa.

Explicando sua escolha, Neymar usou a história de Lionel Messi no futebol para coloca-lo como merecedores de uma conquista como a Copa do Mundo.

“Pelo futebol, pela história que o Messi tem, de ter conquistado quase tudo, ele merece ser campeão. Estou torcendo por ele porque é meu amigo, um companheiro, e porque merece toda sorte”, completou Neymar.

Descansando no Guarujá nos últimos dias na casa de sua família, Neymar ainda está impossibilitado de treinar por conta da recuperação da fratura da L3. O camisa 10 da Seleção Brasileira ainda caminha com dificuldade, mas não precisará passar por cirurgia. Sua recuperação passará pelo uso de uma cinta lombar e a ausência de atividades físicas por 40 dias.

Fechar X
Sem mais artigos