O jornal catalão Mundo Deportivo noticia nesta sexta-feira (30) que Sandro Rosell, presidente no Barcelona, será entrevistado na emissora Catalunya Ràdio na próxima segunda-feira (2) e o assunto em pauta será a empresa que teve no Brasil e que foi ligada a supostas ilegalidades ao lado da CBF em organizações de amistosos da Seleção Brasileira, ao lado do ex-presidente da instituição, Ricardo Teixeira.

A mídia nacional, assim como a internacional, explorou o fato de Rosell estar ligado a receber dinheiro irregularmente por meio da empresa de sua posse, com sede nos Estados Unidos, a Uptrend Development, que esteve ao lado do órgão que gere o futebol brasileiro para ajudar na realização de exatamente 24 partidas.

Os laços entre o mandatário catalão e a instituição brasileira vão mais a fundo, quando o mesmo foi apontado como intermediador da mudança de Ricardo Teixeira para Andorra, pequeno país encravado entre a Espanha e a França.

A publicação lembra que Teixeira está sendo investigado pela Justiça brasileira por supostamente cobrar comissões para a organização de amistosos da Seleção.

Fechar X
Sem mais artigos