Chegou ao fim no último final de semana mais uma edição do Campeonato Brasileiro, meus amigos. A briga pelo título não empolgou muito e o Cruzeiro confirmou seu favoritismo com três rodadas de antecedência. A briga pelo rebaixamento foi mais emocionante do que o esperado, com três equipes tentando fugir da indigesta vaga no Z-4 para disputar a Série B ano que vem.

Independente da tabela, o Brasileirão 2014 foi uma campeonato recheado de zoeiras, do jeitinho que o brasileiro gosta. Teve entrevista indecifrável, recado para a CBF, trombada “sem querer querendo” em juiz… Dá uma olhada na listinha abaixo e duvido que você não concorde que o Brasileirão 2014 foi um legítimo campeonato da zoeira.

 

1)  Entrevista indecifrável do Cássio

Se alguém conseguir decifrar o que o Cássio disse nessa entrevista vai descobrir o sentido da vida, a origem do universo e qual é a receita secreta da Coca-Cola. Escuta só:

2) Sheik manda recado para a CBF

Após ser expulso em partida contra o Bahia, Emerson Sheik procurou as câmeras e mandou um recado direto para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

3) Lúcio fica revolts com repórter

Após mais uma derrota no campeonato, rolou uma confusão entre o jogadores do Palmeiras e do Inter. Com os ânimos à flor da pele por causa da pressão do rebaixamento, o elenco alviverde já estava de cabeça quente. Eis que um repórter resolve perguntar para o xerifão Lúcio se ele foi pra cima dos jogadores do Colorado, e aí…

 

4) Cachorro maloqueiro e sofredor

Enquanto o torcedor tira um selfie, o cachorro fica só observando a partida

Enquanto o torcedor tira um selfie, o cachorro fica só observando a partida

Como contamos nessa matéria, um cachorrinho acompanhou das arquibancadas a primeira vitória do Corinthians em sua nova casa, contra o Internacional. Percebam a concentração dele na partida, o sofrimento e ansiedade em seus olhos. Quem vai dizer que ele não é corintiano?

“Ele não latiu e nem se assustou. Eu acho que ele era até um pouco surdo, o pessoal dizia isso lá também. No intervalo ele deitou pra descansar e foi muito engraçado, pois na hora do apito do segundo tempo ele levantou de novo”, contou André Barbosa.

 

5) He-Man no gol tem muito o que aprender com Felipe Melo

Só o fato do Internacional levar de 5 a 0 da Chapecoense é suficiente para essa partida entrar nessa lista da zoeira. Porém Rafael Moura deixou a partida muito mais engraçada após substituir Dida no gol.

Se fosse o Felipe Melo, a coisa seria diferente.

 

6) Fred manda um recado pra Globo

Após ganhar, de virada, do Corinthians por 5 a 2, Fred teoricamente deveria estar feliz da vida, né? O atacante, porém, não tava muito contente com algumas coisas que a mídia estava vinculando sobre ele e resolveu pedir um tempinho para desabafar. Sobre o site da Globo. Com o microfone da Globo. Fred sem limites.

 

7) Sabonete de Lodeiro

Uma das principais contratações do Corinthians para a temporada de 2014, o uruguaio Lodeiro não vingou no time de Mano Menezes e acabou a temporada na reserva. Sua falta de sequência na equipe, contudo, passou por um problema no mínimo curioso.

Lodeiro machucou o pé no banho e desfalcou o Corinthians por muitos jogos

Lodeiro machucou o pé no banho e desfalcou o Corinthians por muitos jogos

8) Nilton e a comemoração falha no engano

Muitos jogadores simulam que foram atingidos para o juiz acreditar que existiu alguma falta. Outros jogadores fingem que fizeram o gol quando na verdade o zagueiro fez contra. E há o Nilton, que tenta fazer o árbitro acreditar que a bola entrou comemorando o gol que todo mundo viu que não aconteceu.

 

9) Pior escanteio do pior time do Brasileirão

O Criciúma foi o primeiro time a cair pra Segundona esse ano e o último colocado do campeonato. Apesar disso, o Lucca é um jogador que se destacou no time catarinense e é tido como jovem promessa. Neste lance, porém, parece que a pressão pesou sobre o garoto e ele fez esta lambança:

 

10) Petros e a cotovelada sem querer querendo

De todas as pessoas que entram em campo para uma partida de futebol, o que mais se ferra é o juiz: é o que menos ganha e o que mais é hostilizado. Não bastasse os xingamentos da torcida, os próprios jogadores adoram complicar a vida do árbitro quando não concordam com ele.

Petros, porém, passou muito dos limites. Após o Raphael Claus, árbitro da partida, atrapalhar um ataque do Corinthians, o volante simplesmente desceu o sarrafo e fingiu que nada aconteceu. Resultado: ele chegou a ser suspenso por 180 dias, mas sua pena foi diminuída para apenas três jogos. Veja o lance:

Fechar X
Sem mais artigos