O fraco desempenho do Manchester United na temporada 2014/2015 tem um motivo, detectado pelo técnico Louis Van Gaal. De acordo com o treinador holandês, o desempenho da equipe no Campeonato Inglês, com apenas uma vitória conquistada em quatro jogos e a modéstia nona posição na tabela, não é tem haver com problemas táticos ou técnicos, mas sim com falha na comunicação. Mais especificamente, na língua inglesa.

Com as recentes contratações dos argentinos Di Maria e Marcos Rojo, além do colombiano Falcao Garcia, o time titular do United ganhou um toque sul-americano, exigindo assim uma comunicação mais aplicada dentro de campo. Preocupada com isso, o treinador resolveu obrigar os atletas a terem aulas de inglês.

Os novos reforços argentinos entrarão na turma dos iniciantes, já que falam muito pouco a língua local. Já Falcao, que atuava no futebol francês, entrará no grupo de jogadores de nível intermediário, mas não escapará das aulas de inglês.

Até mesmo os atletas que estão há mais tempo no time não escaparam das ordens de Van Gaal, como o goleiro espanhol De Gea e do lateral Antonio Valencia.

Lembrando que, dos 32 jogadores que compõem atualmente o elenco do Manchester United para a temporada 2014/2015, 15 atletas são ingleses e sete são de países sul-americanos. 

Fechar X
Sem mais artigos