Fechar X

Bárbara Evans, de 22 anos, é a última vencedora do reality show A Fazenda, e agora ela enfrenta a dura prova de “existir” depois do programa. Sua estratégia não é nova, aproveitando os holofotes, ela licenciou uma marca com seu nome para vender produtos femininos e almeja ser apresentadora de TV.

Seu ex-namorado, Mateus Verdelho, está na mesma e o foco dos dois acabou por distanciá-los, mas sem ressentimentos. Pelo menos é o que Bárbara diz.

Para saber sobre esses e outros assuntos, o Virgula Famosos conversou com a ex-peoa. Na entrevista exclusiva, ela falou sobre o reality show, o episódio da cusparada, que ela achou engraçado, e o estado de saúde de sua mãe, Monique Evans.

Leia abaixo a entrevista exclusiva com Bárbara Evans.

Virgula Famosos – A sua mãe, Monique Evans, já havia participado do reality show A Fazenda antes de você. Existe algo que te surpreendeu no programa, mesmo sabendo como funcionava os bastidores?

Bárbara Evans – A convivência com as pessoas, porque lá dentro a gente não tem como fugir. Ela viveu de uma forma e eu de outra. As edições têm participantes diferentes, que reagem de forma diferente.

Você se arrependeu de alguma coisa que tenha feito no programa?

Não, de nenhuma. Faria tudo de novo.

Por que acabou o namoro com o Mateus Verdelho?

A gente está com uma agenda muito corrida, a gente está sem tempo. Não aconteceu nada de errado, a gente tem carinho um pelo outro, mas infelizmente não temos tempo. Então, a gente achou melhor ficar assim, pelo menos agora que estamos procurando trabalhos…

Vocês ainda se falam?

Sim, normal.

E os outros participantes? Com quem você ainda fala?

Eu sou muito amiga do Gominho, é como se ele fosse meu irmão. Também falo com a Filezinha (Yani de Simone), e o Yudi.

E a Andressa Urach…

Não né. Ela divulgou meu telefone pelo Twitter, mas prefiro não dar corda. Ela não me irritou lá dentro, não é aqui fora que ela vai conseguir. Principalmente depois de ganhar o prêmio.

Durante o reality show, em um determinado momento, alguns participantes começaram a se cuspir…

Eu não vi nada disso. Eu só fui ver a cusparada aqui fora, depois do programa. Eu sabia por alto, porque vi o Gominho chorando e tal, mas eu não sabia que tinha sido tão pesado. Entretanto, eu achei engraçado, na verdade. Eu disse para o Mateus: “Você não tem que se arrepender, não”.

Você reviu o programa aqui fora?

Não, só algumas coisas. Eu estou tentando não ver, porque para mim não vai mudar nada, não vai me acrescentar em nada. Aliás, pelo contrário. Eu fiquei sabendo que tem gente que eu gosto que falou mal de mim, mas eu prefiro não ver para não trazer isso aqui para fora.

Pelo pouco que você viu, você acha que o que é mostrado é diferente do que acontece realmente?

É muito mais pesado do que o que passa. As brigas são muito mais intensas, tudo é mais intenso. O que passa é só a superfície. Na casa, você não tem como fugir, quando tem uma briga, fica uma energia ruim, que não passa na TV.

Quais são seus planos pós-reality show?

Eu licenciei uma marca de produtos femininos, chamada Bárbara Evans. Entretanto, meu sonho é ser apresentadora e pretendo começar a estudar para, quando esse sonho se realizar, eu agarrar com força.

Estudar o quê?

Estudar de todas as formas que eu puder para eu ser uma boa apresentadora. Todas as áreas de atividade… 100% assim, a gente tem que aprofundar no assunto que a gente acha que a gente vai fazer bem…

Você está pensando em algum curso ou algo do tipo?

Eu não tive tempo para nada ainda. Na verdade, eu estou falando, mas eu não tive tempo para a gente pensar o que a gente vai fazer exatamente, mas eu vou ter um tempinho daqui a pouco e vou pensar nisso.

Que tipo de programa você queria fazer?

Não sei. Todo programa é bem vindo, mas eu gosto muito de criança.

Você já comprou algo com o dinheiro do prêmio?

Não, ele está guardadinho. Eu não sou muito de gastar dinheiro, vou deixar ele guardado para o meu futuro.

Como está sua mãe agora, deposi da internação em uma clínica psiquiátrica?

Minha mãe sempre teve crises de depressão, nós sempre fomos muito próximas, e ela se esforçou muito quando eu estava no programa. Isso mexeu muito com o emocional dela. E eu saí do reality querendo montar minha vida e tal. No entanto, ela está bem melhor agora, ela está se cuidado, fazendo terapia, indo para academia… Melhor impossível, fazia tempo que eu não a via tão bem.

Fechar X
Sem mais artigos