A atriz Thaila Ayala garantiu em entrevista à jornalista Thaís Sant’nna, do IG, em matéria reproduzida pelo jornal O Dia, neste sábado (21), que não liga muito para a moda, apesar de saber que está sempre na lista das mulheres mais bem vestidas do Brasil.

“Hoje sei que sou referência para algumas pessoas, porque recebo muitas coisas de blogs, perguntas e links sobre isso. Sei que tenho uma responsabilidade maior e penso três minutos a mais antes de me vestir”, afirmou.

“De verdade, sou muito tranquila. Adoro roupa como toda mulher, sou consumista, mas sem neura. Não sei nem o que se passa em uma revista de moda”, emendou.

Questionada se pensa em usar seu bom gosto e abrir algum negócio relacionado a moda, ela respondeu: “Já tive alguns convites de algumas marcas, mas nenhuma que tenha me convencido”.

A artista também falou que não se mete nos negócios do marido, o ator Paulinho Vilhena, que é dono da marca The Candy Shop Flavor. “É dele, o máximo que faço é dar algum palpite quando ele pede, mas é algo dele”.

Ligada mesmo que sem querer ao mundo da moda, Thaila surpreendeu ao afirmar que não gosta de Paris. “A única coisa que gosto de lá são os brechós. Não gosto pelos parisienses, acho eles um bando de mal-educados. Quando fui modelo e trabalhei lá, os caras eram muito grossos. A minha referência de lá é péssima”, confessou.

Fechar X
Sem mais artigos