A atriz Amanda Bynes, de 28 anos, não está tendo um retorno de Saturno (época que antecede a chegada dos 30 anos) fácil, definitivamente, não. De acordo com nota divulgada no site TMZ, ela foi presa novamente, na madrugada deste domingo, por dirigir embriagada. A atriz também estava sob influência de Adderall, um medicamento indicado para o tratamento de transtornos psicológicos e do qual Amanda tem prescrição médica para usá-lo.

Ainda de acordo com o TMZ, Amanda foi levada para a delegacia mais próxima, onde foi autuada como contravenção.

O problema da prisão de Amanda, no entanto, é um pouco mais complexo do que dirigir embriagada. A atriz estava sob condicional por problemas antigos com a justiça e, até o início de setembro, ela morava com os pais que pediram judicialmente a “conservatorship” (espécie de tutela prevista na lei estadunidense resguardada a casos de pessoas avaliadas como psicóticas, dementes, e distúrbios mentais, entre outros) da filha. Eles no entanto, disseram ao TMZ, que não sabem da filha desde que ela saiu de casa no início do mês.

Fechar X
Sem mais artigos