Reviravolta na trama entre Niko (Thiago Fragoso), Eron (Marcello Antony) e Amarilys (Danielle Winits). O chef de cozinha começa a ficar mais próximo de Félix (Mateus Solano) que sugere que ele faça um teste de DNA para saber a paternidade de Fabrício, em Amor à Vida, de Walcyr Carrasco.

“Então o filho pode ser meu. Quer dizer, tem uma chance em cem mil, porque eu e o Eron misturamos o material”, reflete Niko sobre a situação. Ele resolve procurar a advogada Silvia (Carol Castro) para cuidar da questão.

Eron se mostra resistente ao saber do pedido de exame de paternidade: “Isso tudo é ridículo! O menino é meu filho e da Amarilys. O Niko está fazendo essa confusão toda porque ele não se conforma com a nossa felicidade”.

Silvia então aconselha Eron: “Faz o teste. Se o exame der que o filho é de vocês, eu mesma convenço o Niko a desistir”.

Ao comunicar sua decisão de fazer o teste e que Amarilys terá que fazer também, a dermatologista entra em desespero e não quer ir. Eron então diz: “Se você não for hoje, o teste vai ser remarcado, e você será obrigada a fazer o exame de um jeito ou de outro. É melhor terminar logo com essa história”.

Amarilys resolve desabafar com Laerte (Pierre Baitelli), o médico responsável por sua inseminação. “Eu sei que o bebê é meu, porque seja qual for o resultado, o óvulo é meu. Mas sabe qual é o meu maior medo, Laerte? Esse exame de DNA dar que o bebê é meu e do Niko”, diz.

Fechar X
Sem mais artigos