O ator espanhol Pepe Sancho, protagonista de séries de televisão e que atuou em filmes de Pedro Almodóvar, morreu neste domingo (03), em Valência, aos 68 anos, vítima de um câncer, segundo informaram à Agência Efe fontes ligadas ao artista.

Sancho, que estava internado na Fundação Instituto Valenciano de Oncologia, morreu acompanhado de seus familiares.

O ator, que era natural de Manises, em Valência, alcançou o estrelato ao interpretar Estudiante na série Curro Jiménez, exibida durante a transição democrática espanhola.

Sancho também tinha uma longa carreira no cinema e no teatro, onde recentemente protagonizou e dirigiu a obra Los Cuernos de Don Friolera.

O ator trabalhou com diretores como Luis García Berlanga, Vicente Aranda, Icíar Bollaín, Mariano Barroso. Com Pedro Almodóvar, atuou em Fale com Ela e Carne Trêmula, papel pelo qual obteve um prêmio Goya de melhor ator coadjuvante.

No teatro interpretou obras como La Chunga, de Mario Vargas Llosa, Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar, e Enrique 4º, de William Shakespeare, que o ator considerou o personagem mais importante de sua carreira.

Foi no teatro que Sancho realizou seu último trabalho, com a obra Los Cuernos de Don Friolera, de Ramón María del Valle-Inclán, que o ator dirigiu e protagonizou no ano passado.

Uma das últimas aparições públicas do ator foi na celebração do Dia da Comunidade Valenciana, em 9 de outubro, onde recebeu a Distinção ao Mérito Cultural por sua experiência profissional.

Fechar X
Sem mais artigos