As atrizes Felicity Huffman e Lori Loughlin, foram detidas, nesta terça-feira (12), acusadas de pagarem suborno para que os filhos fossem aprovados em universidades norte-americanas de renome, como Yale, Stanford e UCLA.

Além das atrizes, 50 outras pessoas, entre outros pais, técnicos de times universitários e preparadores, também foram presos para prestar depoimentos em uma operação nacional. Segundo a CNN, o esquema tinha duas etapas. Primeiro, os pais pagavam para que organizações interferissem nos testes de admissão dos filhos. E, em seguida, davam propina a treinadores para que os estudantes fossem recrutados como atletas, mesmo sem terem habilidades esportivas.

O FBI disse ainda que os casos aconteceram entre 2011 e 2019 e que os pais pagavam entre US$ 200 mil e R$ 6,5 milhões para garantir as vagas dos herdeiros.

Fechar X