Luiza Ambiel retorna aos palcos de São Paulo com a peça Acredite, um Espírito Baixou em Mim, uma comédia romântica de sucesso, que já está há 8 anos em cartaz.

Na peça há um ano e meio, ela interpreta Normanda, uma mulher que segundo a própria Luiza, tem características que os homens e filhos odeiam nas mulheres. Ciúmes é uma delas. “Ela é daquelas que procura na roupa do marido quando ele chega e faz coisas que todas nós já fizemos um dia”, conta.

A peça foi a primeira direção de Sandra Pêra. Devido ao sucesso a peça virou um filme, gravado em Belo Horizonte e estrelado por Marília Pêra, Arlete Sales, Suely Franco, Gorete Milagres, Bemvindo Sequeira, Cláudia Mauro, Nelson Freitas, Cássio Scapin, Ronaldo Ciambroni e Nany People. A direção do longa ficou a cargo de Jorge Moreno e da própria Sandra.

Depois de anos na banheira do Gugu, Luiza continua no SBT onde participa da Praça É Nossa com o personagem de Zé Bonitinho.

Além da peça, Luiza contou o que mudou em sua vida depois de participar da Casa dos Artistas 3 em 2002. Como já era conhecida do público, ela diz que não sofreu nenhuma grande mudança, mas que a experiência foi uma soma. “A mudança foi no meu público, que ante era mais masculino. Hoje, as mulheres gostam e acompanham o meu trabalho”.

Para ela, a conquista do novo público se deve ao fato de que na Casa, ela era tímida, discreta, ou seja, diferente da imagem que passava como artista. A timidez tem motivo: Luiza Também é a única mulher entre 12 filhos.

Quatro anos depois, ela mostra que nem todos que participam de um reality show tem apenas 15 minutos de fama. No teatro, ela diz que faz “aquilo que mais gosta, pois a resposta do público é instantânea”.

Acredite, um Espírito Baixou em Mim está em cartaz no Teatro Jardim São Paulo, em Santana, aos sábados e domingos até 28 de maio.

Fechar X