Fechar X

Sim, o club kid mais famoso do mundo, Michael Alig, deixou a prisão e, através do Twitter, tem comemorado sua liberdade depois de 17 anos atrás das grades pelo assassinato do traficante Andre “Angel” Melendez. O episódio foi narrado no filme Party Monster ( 2003), que tinha Macaulay Culkin interpretando o rei dos club kids.

Conhecido pelo seu alto consumo de drogas, mas também pelo seu carisma. Michael Alig dominou a cena clubber da primeira metade da década de 1990. Seu templo era a boate Limelight, onde os club kids tinham um mentor, o próprio Alig. As drogas corríam soltas. Foi em uma discussão com Melendez que Alig o assassinou.

Solto nesta segunda-feira, Alig tem postado fotos dele comendo seu primeiro burrito pós-prisão, e experimentando um café expresso. E, nesta terça-feira (06), ele se encontrou com outra parte importante da cultura dos club kids, seu amigo James St. James.

Este, que no filme foi interpretado por Seth Green, escreveu uma carta aberta para o seu “frenemy” (algo como “amigo-inimigo”) falando de coisas que ele perdeu durante o tempo que esteve na prisão e de outras que ele precisa saber.

“Clubes tocam o top 40 agora. Rihanna, Britney, Katy Perry. É isso. E é muito triste”. Ou “Algo aconteceu às Torres Gêmeas. Elas não estão mais lá. Pergunte pela história”. Ou ainda: “Fique longe dos Beliebers, Little Monsters e Directioners. Eles fazem as pessoas que negam o Holocausto parecerem pessoas bem articuladas”.

O jornal Observer disse que existe uma certa expectativa na cena nova-iorquina para saber se Alig voltará a trabalhar na vida noturna da cidade.

Veja abaixo cena do filme Party Monster:

Fechar X
Sem mais artigos