Cristina Mortágua rodou a baiana no campo do Fluminense. A modelo, é mulher de Djair, jogador do clube, que foi dispensado por ser indisciplinado.
A modelo, revoltada pela demissão do marido, esteve na sede do clube, ontem de manhã.
Segundo o jornalista Marcus Senna, do jornal O Dia, Cristina fez revelações bombásticas.

“Eu gostaria tanto de ter ido à Martinica…”. Começou Cristina. “Na época, o Djair disse que eu não poderia viajar, porque estava proibida a presença das mulheres dos jogadores na delegação. Mas descobri que teve gente que levou até amante para viajar, e às custas do clube. Procurem saber por que as concentrações foram antecipadas em dois dias…”, insinuou a modelo. Mas ela não aguentou a boca e contou tudo: “Foi para que eles possam desfrutar mais tempo de suas amantes”, disparou, enquanto Djair exigia do presidente David Fischel um documento oficializando sua dispensa – temia que a diretoria jogasse sujo e lhe desse abandono de emprego.

Cristina porém ressalta que: “não disse nome de ninguém, mas se eu for processada, tenho provas de tudo o que estou falando. É só pegar a lista com os nomes das pessoas que foram à Martinica”.

Leia a continuação…

Fechar X
Sem mais artigos