Fechar X

Dois anos após se despedir de Nina/Rita, da novela Avenida Brasil, Débora Falabella volta às telinhas com uma nova personagem, na série Dupla Identidade, de Glória Perez, que estreia em setembro na TV Globo. Em entrevista para o jornal O Globo, desta sexta-feira (15), a atriz comentou o novo trabalho.

Ela viverá Ray, namorada do serial killer Edu, interpretado por Bruno Gagliasso. Além disso, a personagem sofre do transtorno de personalidade borderline, que faz com quem a pessoa viva sempre no limite das emoções e não aceite bem rejeições.

“Eu tento não me apegar tanto ao que ela tem. Mesmo que a Gloria não tivesse falado, foco na forma como ela se comporta. Ray é muito dependente das pessoas com quem se relaciona, conhece o Edu numa praia e fica muito apaixonada por ele, e é insegura porque já teve relacionamentos complicados. Com ela, o Edu é um príncipe, trata a filha dela muito bem”, descreveu Débora.

A atriz ainda revelou que fará cenas mais quentes com Gagliasso: “Acho que as cenas de crime são mais fortes, mas é claro que há momentos de sexo e de paixão entre eles, até porque ela é muito apegada a isso. Tudo dentro do contexto”.

Vale lembrar que a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva citou em seu livro Corações Descontrolados (2012) que a personagem Carminha (Adriana Esteves), também da novela de João Emanuel Carneiro, sofria desse mesmo transtorno de personalidade: “A Carminha, de Avenida Brasil, é totalmente border”.

Seria, então, o retorno de Carminha à TV, agora na pele de Nina/Rita… ops, quer dizer, de Débora Falabella?

Fechar X
Sem mais artigos