Justin Bieber decidiu se abrir aos fãs nesta segunda-feira (2) e fez um relato honesto sobre como é sua vida atrás dos holofotes. No Instagram, o cantor desabafou sobre depressão, pressão e como encarou ser “uma das pessoas mais amadas e adoradas do mundo” e depois se tornar “a mais ridicularizada, julgada e odiada”.

O artista revelou ter começado a utilizar “drogas pesadas” aos 19 anos, mesma época em que se tornou abusivo em seus relacionamentos. “Aos 20 anos, eu já tinha tomado as piores decisões possíveis”, relatou.

“É difícil sair da cama de manhã com uma boa atitude quando você é sobrecarregado com sua vida, seu passado, trabalho, responsabilidades, emoções, família, vida financeira, relacionamento. Quando você sente que é problema atrás de problema”, desabafou logo no início do texto.

“Às vezes você chega a um ponto que nem quer mais viver. Quando acha que as coisas nunca irão mudar… Eu me identifico completamente com você. Eu não conseguia mudar meus pensamentos. Tenho sorte em ter pessoas em minha vida que continuam a me encorajar. Você vê que eu tenho muito dinheiro, roupas, carros, elogios, reconhecimento, prêmios, e mesmo assim eu me sentia vazio.”

Bieber criticou a pressão em cima de artistas mirins e como isso pode encaminhá-los para uma vida infeliz. Ele se colocou como exemplo, relatando ter crescido em um lar “instável” e virado estrela em um intervalo de apenas dois anos.

“Fui de um menino de 13 anos, de uma cidade pequena, para ser admirado pelo mundo inteiro, com milhões de pessoas dizendo que me amavam e o quão incrível eu era. Não sei você, mas acredito que humildade vem com a maturidade. Você ouve essas coisas quando jovem e começa a acreditar nelas… Todo mundo fazia tudo por mim, então eu nunca aprendi o básico sobre responsabilidade”, revelou. “Quando eu tinha 18 anos, eu não tinha nenhuma habilidade do mundo real, com milhões de dólares e acesso ao que eu queria”.

O cantor afirma que aos 20 anos se transformou da pessoa mais amada para a mais odiada do mundo. Estar no palco era o que lhe dava energia, mas disse ter sido extremamente difícil gerenciar os “altos e baixos” da fama. “Comecei a usar drogas pesadas aos 19 anos e ser abusivo em todos os meus relacionamentos”.

Nesta época, ele diz ter se tornado “ressentido, desrespeitoso com as mulheres e nervoso. Me distanciei de todos que me amavam e me escondi na casca da pessoa que eu tinha me tornado”. Para ele, já não tinha como voltar atrás.

Por fim, contou que levou anos para dar a volta por cima, “consertar as relações e mudar os hábitos nos relacionametos”. Ele agradeceu a esposa, Hailey Bieber, pela força. “Agora estou vivendo minha melhor fase: ‘CASAMENTO'”, comemorou.

Bieber finalizou seu textão aconselhando os fãs a serem gentis e humildes.

Fechar X
Sem mais artigos