Justin Bieber e Hailey Baldwin estampam a capa da edição americana de março da revista Vogue. Na entrevista, o cantor contou que ficou um ano sem sexo.

Bieber afirmou que isso só mudou quando se reuniu com a atual esposa, em junho do ano passado. Ele afirmou que tem um “um problema legítimo com sexo” e queria se sentir mais próximo de Deus.

“Ele quer nos proteger da dor e sofrimento. Eu acho que sexo pode causar muita dor. As pessoas às vezes transam porque não se sentem boas o suficiente. Porque não se valorizam. Eu quis me dedicar com Deus porque senti que seria o melhor para minha alma. E acho que o resultado é que Deus em abençoou com Hailey. São essas vantagens. Ele me premiou pelo bom comportamento”, explicou.

“Quando eu a vi de novo em junho, eu tinha esquecido como eu a amava e sentia sua falta. O impacto positivo que ela tinha na minha vida. Eu fiquei tipo: ‘nossa, era isso que eu estava procurando'”, contou, dizendo ainda que costumava abusar do Xanax, remédio para ansiedade.

“Eu fiz coisas que me envergonho. Eu estava sendo muito promíscuo. Minha mãe sempre diz para eu tratar mulheres com respeito. Foi algo muito obscuro. As drogas me distanciavam do que eu estava fazendo”, finalizou.

Fechar X
Sem mais artigos