Milhares de fãs de Elvis Presley se concentraram nesta quinta-feira (16) na cidade Memphis, no Tennessee, para celebrar o 35º aniversário de sua morte, que também foi lembrada em uma série de homenagens ao longo da semana, o que mantém viva a figura do eterno Rei do Rock.

A residência oficial de Elvis em Memphis, conhecida como Graceland, onde o astro sofreu o ataque de coração que causou sua morte (aos 42 anos), recebeu aproximadamente 75 mil fãs.

A vigília, que foi realizada desde ontem até o início da manhã de hoje, foi o ponto culminante da “Elvis Week”, a celebração anual da vida e carreira do cantor, na qual seus fãs aproveitam para prestar suas homenagens diante do túmulo do ídolo.

Neste ano, a filha de Elvis, Lisa Marie, e sua esposa Priscilla surpreenderam os fãs do artista e apareceram juntas pela primeira vez durante a vigília, realizada aos pés do túmulo do ídolo. Lisa Marie e Priscilla sempre marcam presença na “Elvis Week”, mas ainda não haviam comparecido juntas.

“Isto é algo que Elvis nunca, nunca, pensou que poderia ocorrer aqui”, disse Lisa Marie junto com sua mãe e diante de uma verdadeira multidão. “Sempre me sinto realmente feliz quando venho aqui. Me lembra a fase mais feliz da minha vida”, completou a filha do Rei do Rock em entrevista ao canal NBC.

Graceland é uma das casas mais visitadas nos Estados Unidos e um local que, segundo a viúva do cantor, é “totalmente ele”.

“Amava sua casa, sempre voltava aqui (…) Sua presença está em todas partes, em cada quarto”, explicou Priscilla.

Após a vigília, que foi encerrada ao amanhecer, um show especial apresentou os integrantes sobreviventes da banda de Presley, incluindo Bobby Wood, em uma tenda com 1,2 mil assentos, informou os organizadores do evento em seu site.

No entanto, um dos momentos mais esperados de hoje é o show que “o próprio Elvis” oferecerá através de um sistema de projeção e áudio. Para conferir o Rei do Rock em “ação” novamente, os fãs terão que desembolsar um valor que oscila entre US$ 100 [R$ 200] e US$ 300 [R$ 600].

Durante este esperado show também será realizado o já tradicional concurso de imitadores de Elvis, enquanto a corrida Elvis Presley de cinco quilômetros, que parte das portas de Graceland, arrecada fundos para uma associação que trabalha com crianças e adultos necessitados.

A “Elvis Week” não poderia ser concluída sem oferecer aos fãs e colecionadores alguns dos objetos do artista, que foram à leilão na última terça no Peabody Hotel de Memphis. Entre os objetos leiloados, aparece o terno que o cantor usou durante sua histórica reunião com o presidente Richard Nixon, em 1970.

“Elvis continua sendo uma das figuras mais populares da cultura pop americana”, disse Margaret Barrett, diretora de objetos de lembrança, entretenimento e música de Heritage, a casa de leilões encarregada do ato.

“Este leilão, nosso segundo totalmente dedicado a Elvis, é uma celebração de sua incrível vida e de seu legado. Além de autógrafos, documentos assinados, cartazes de shows e fotos raras, o leilão também inclui joias e peças de roupas de propriedade privada, gravações e uma grande variedade de objetos de lembrança”, acrescentou Margaret durante a apresentação.

O evento desse ano é mais um que confirma que o Rei do Rock deixou, em apenas 42 anos de vida, um legado tão grande que o manteve vivo por mais de três décadas.

Fechar X
Sem mais artigos