Nesta sexta-feira (04), o ator James Franco se desculpou ao vivo no programa Live! With Kelly and Michael, por ter dado uma cantada em uma fã, a estudante escocesa de 17 anos de idade, Lucy Clode que ele encontrou na saída de sua peça na Broadway, Of Mice and Men. As informações são do site do Entertainment Television desta sexta.

“Eu estou envergonhado e eu acho que sou um modelo de como as redes sociais podem ser uma armadilha. É uma maneira que as pessoas se conhecem hoje. Mas o que eu aprendi, porque eu sou novo nisso, é que você não sabe quem está do outro lado. Você conhece alguém, mas você não sabe realmente com quem está falando. Eu aprendi esta lição”, disse o ator de 35 anos.

A apresentadora Kelly Ripa elogiou a franqueza de Franco: “Bem, eu acho que a maneira que você veio até aqui e lidou com isso é perfeitamente aceitável. Isso acontece com todo mundo. E eu acho que isso acontece com as estrelas de cinema em uma escala muito maior, como você acabou de dizer, porque todo mundo sabe quem você é”.

Franco estava se referindo à história do encontro com uma fã na saída de sua peça, ela a fotografou e ele pediu para marca-lo na foto. Depois de ela fazer o que ele pediu, o ator fez contato e começou a perguntar para ela se tinha namorada, se tinha como ficar em um hotel em Nova York e qual a idade. Lucy, neste primeiro contato, disse a ele que era menor de idade

O papo evoluiu e eles foram para uma outra rede social e a estudante exigiu provas que ele era realmente James Franco. Depois dele mandar duas fotos, ela vazou as conversas na internet.

O assunto gerou controvérsia nos Estados Unidos com muita gente apontado Franco como pedófilo, mas também tem gente que acredita que não passa de uma estratégia promocional de seu novo filme Palo Alto que conta a história de um técnico de futebol, interpretado pelo ator, que tem um caso com uma adolescente (Emma Roberts).

Sem mais artigos