James Franco no The Late Show with Stephen Colbert

CBS James Franco no The Late Show with Stephen Colbert

James Franco resolveu se pronunciar sobre as acusações assédio sexual que recebeu no Twitter. Durante sua participação no programa The Late Show with Stephen Colbert, o ator foi questionado sobre ter usado o pin do movimento Time’s Up – contra o assédio – no Globo de Ouro e ser acusado logo em seguida.

“Eu não li nada ainda. Eu escutei falar sobre isso”, disse o ator, que venceu o Globo de Ouro 2018 na categoria Melhor Ator, por O Artista do Desastre. Uma das atrizes que acusou James Franco foi Ally Sheedy, que esteve em O Clube dos Cinco. Em tweets que já foram deletados, ela escreveu: “Ok, James Franco acaba de ganhar. Nunca me perguntem por qual motivo deixei a TV e os filmes”.

Franco falou especialmente sobre Ally durante a entrevista. “Ok! Primeiramente, eu não faço ideia do que eu fiz para Ally Sheedy. Eu a dirigi em uma peça no circuito Off-Broadway. Eu não tive nada além de um tempo ótimo com ela, total respeito por ela. Eu não faço ideia do motivo de ela estar chateada”, disse.

Ally Sheedy

GIPHY Ally Sheedy

“Ela excluiu o tweet. Eu não sei. Não posso falar por ela. Eu não sei”, completou. “Sobre as outras, veja, na minha vida, eu tenho orgulho de assumir responsabilidade pelas coisas que eu fiz. Tenho que fazer isso para manter meu bem-estar. Faço isso quando acho que tem algo errado ou que é necessário mudar”, disse.

James Franco continuou: “as coisas que eu ouvi que estavam no Twitter não são apuradas, mas eu realmente apoio as pessoas se exporem e serem capazes de ter uma voz, porque elas não tiveram voz por muito tempo. Então, eu não quero calar ninguém. É algo bom. Eu apoio isso”.

Questionado pelo motivo de ter usado o pin do movimento Time’s Up, Franco disse que usou porque apoia o movimento. “Primeiro, eu usei porque eu realmente apoio. Eu estou muito feliz de ter vencido, mas estar naquela sala naquela noite foi incrível. É muito poderoso”, completou.

Fechar X
Sem mais artigos