Jim Carrey se defendeu em processo

TMZ/Reprodução Jim Carrey se defendeu em processo

Jim Carrey apresentou sua defesa contra o processo movido por Brigid Sweetman, mãe de Cathriona White, sua ex-namorada que se matou em 2015, e a acusou de ter pedido dinheiro a ele logo após a tragédia ameaçando se suicidar caso ele não ajudasse. As informações são do TMZ.

Segundo a publicação, Carrey mostrou um email enviado a ele por Sweetman em novembro de 2015 onde ela pede ajuda financeira para comprar uma nova casa e diz que irá tirar a própria vida caso ele não colabore. A ex-sogra do ator teria se assustado após sua residência ser vandalizada por conta da morte de Cathriona. A razão seria por um post hostil que Brigid publicou no Facebook para a filha no dia do aniversário dela.

Carrey também nega ter transmitido doenças sexualmente transmissíveis (DST) para a ex, afirmando que ela se desculpou pelas acusações de 2013 e, por isso, os dois retomaram a relação no ano seguinte, o queria irritado Brigid. “Eu amava seu rosto. Amava sua voz irlandesa. Amava o jeito como ela sorria”, diz o astro no documento, que traz uma série de fotos do casal.

O advogado de Sweetman, Michael Avenatti, disse ao TMZ que “Carrey e seus advogados estão tentando enganar o público e a mídia. Eles estão atacando uma mãe em luto e inventando fatos que eles sabem que são mentirosos em uma tentativa de salvar a carreira de Carrey, que acabou quando ele mentiu sobre ter DSTs”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos