Jim Carrey é acusado de transmitir DST para ex

Divulgação Jim Carrey é acusado de transmitir DST para ex

Jim Carrey tinha herpes, clamídia e hepatite A quando se relacionou com Cathriona White, sua ex-namorada que se matou em setembro do ano passado, mas mesmo assim transava com ela sem preservativos. A afirmação está contida nos documentos apresentados por Brigid Sweetman, mãe da maquiadora, no processo que ela move contra o ator. As informações são do TMZ.

Brigid afirma ter cópias de testes feitos por Carrey que deram positivo para a doença. Os exames seriam de janeiro de 2013, pouco antes dele ter viajado com Cathriona para curtir o Dia dos Namorados americano. A ex-sogra do astro afirma também que ele se fez de desentendido quando sua então namorada encontrou feridas nas partes íntimas e decidiu procurar um médico.

Jim Carrey e Cathriona White

TMZ/Reprodução Jim Carrey e Cathriona White

Vale lembrar que Jim nega veementemente ter transmitido qualquer tipo de doença sexualmente transmissível para Cathriona.

Sweetman alega que Carrey colocou a saúde de sua filha em risco e teve um comportamento “insensível” e “criminoso”. “Ao invés de dar flores e chocolates para Cat no Dia dos Namorados, ele deveria ter lhe dado a verdade sobre ter DSTs”, diz ela em um trecho.

Em antigo bilhete escrito por Cathriona White para Carrey em 2013, a maquiadora acusa o astro justamente de ter lhe transmitido doenças, algo pelo qual, segundo o ator, ela se desculpou posteriormente quando os dois retomaram o namoro.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos