Lima Duarte não teve papas na língua em entrevista que deu à Folha de São Paulo deste domingo. Críticou tudo e todos que não eram de seu agrado, desde Lula, e sua neta, até a própria emissora, seus programas e novelas.

O ator disse que está cansado da televisão brasileira e espera que o personagem Murat seja o seu último em novelas. “Não quero mais fazer novela. Pretendia que “Belíssima” fosse a última. Mas já queria que a anterior fosse a última, e vieram com artilharia pesada, Irene Ravache, Fernanda Montenegro. Mas é duro fazer novela. Está cada vez mais cansativo. Estão escrevendo a mesma história há 40 anos”.

Lima também “detonou” a edição que a Rede Globo faz em suas matérias, principalmente no programa “Fantástico”. “Dou entrevista a eles, e nos tornam imbecis. O “Fantástico” transforma qualquer opinião em merda, a edição é calamitosa”.

Outro que foi criticado por Lima foi o presidente Lula. “Odeio Lula porque faz uma glamourização da ignorância, contra o que tenho lutado a vida toda. Num país carente de conhecimento, ele não pode ter esse procedimento. É um imbecil, um idiota, um ignorante”.

Até a novata Fernanda Lima tomou a dela. “O povo não aceitou “Bang Bang”. Colocaram a moça [Fernanda Lima], disseram que era bonita. Mas a vestiram demais. Aí teve de ser atriz e ficou ruim para ela”.

Fechar X