Nego do Borel diz que vai lutar contra o racismo

“Vivo na pele desde quando nasci”. Essa foi uma das frases que partiram do cantor Nego do Borel em um desabafo sincero e emocionante sobre preconceito feito nas redes sociais na manhã desta quinta-feira.

No post que fez no Instagram, Nego diz que já sofreu muito com o racismo por ser negro e ter sido criado na favela. Mas que o orgulho que sente de onde nasceu nunca o fez desistir de nada.

“Bom dia meu Brasil, esse mundo tem que mudar, eu sei muito o que é isso, vivo na pele desde quando nasci, aqui no Brasil, muitos pretos morrem por dia, a gente sofre muito por vir de uma família preta, eu tenho orgulho de ser preto e favelado, ninguém nunca vai tirar isso de mim”, escreveu na legenda.

Nego do Borel admitiu também que alguma vezes preferiu se calar diante de situações indelicadas. “Muito das vezes eu sofri calado, já chorei sozinho achando que nunca íamos chamar atenção voltada para nossa aceitação, e eu decidi que não vou me calar mais, não vou sofrer mais, na mão dessas pessoas ruins, pessoas, pessoas que não tem amor próprio”.

Por fim, o funkeiro pediu paz, aceitação e mais amor ao próximo. “[…] o amor tem que reinar, precisamos nos unir e igualar todos, todos somos seres humanos, eu clamo hoje por mais amor em nosso mundo, eu clamo hoje por você da favela que morreu por ser preto, você que tentou fazer faculdade e foi tratado diferente, as cores vão se misturar sim e o amor vai reinar sim”, concluiu.

Fechar X
Sem mais artigos