Fechar X

Longe das novelas desde 2008, Ney Latorraca, que completa 70 anos neste domingo (27), revelou que precisou recusar dois papéis recentemente, em Império e Meu Pedacinho de Chão, em entrevista para o jornal Extra.

“Liguei para Aguinaldo Silva e expliquei que estava fazendo um tratamento de dente, uma coisa que precisava ir para São Paulo e ficar uns dois meses. Tenho que me dedicar a essa recuperação. Não podia pegar a batida de um estúdio direto. Ele falou: ‘Tá certo’. E o personagem vai ser muito bem feito pelo Paulo Betti (o blogueiro Téo Pereira)”, contou o ator.

Nesse tempo, ele também teve que desistir de outro trabalho: “Fui também chamado para o papel de Osmar Prado (Epaminondas) em Meu pedacinho de chão”.

Já sobre retornar às novelas, ele contou: “Agora tenho que esperar. Você nunca pode perder o protagonismo, nem na vida nem na profissão. É você ser o principal no seu espaço, do seu núcleo. Não é o tamanho do papel, é a maneira que você se coloca. Você precisa ficar atento. Tenho que aprender a dizer ‘não’ e não só ‘sim’. Preciso pensar no que vai acrescentar para mim. Já que só tive coisas boas, que isso seja mantido. Se não, você dá uma vacilada”.

Experiente, Latorraca também deu uma dica para os atores iniciantes saberem lidar melhor com a carreira: “Não adianta você ter talento, tem que trabalhar. Acho, inclusive, que devia ter na escola de teatro um curso de como lidar com a imprensa. Porque faz parte, tudo faz parte do espetáculo da vida de um ator”.

Fechar X
Sem mais artigos