Thomas Markle, pai da duquesa Meghan Markle, falou com a imprensa sobre o batismo do neto e membro da família real, Archie Harrison Mountbatten-Windsor. De acordo com ele, Meghan e Príncipe Harry não o convidaram para o evento.

“Me perguntaram se eu gostaria de ter ido ao Reino Unido para ver o meu neto ser batizado,” disse Thomas ao Daily Mail, no domingo. “Eu fui coroinha aos 12 anos de idade, membro confirmado da Igreja da Rainha aos 14, e Archie é meu novo neto, então claro que gostaria de ter comparecido para as bençãos, desejando saúde e felicidade a ele e aos pais.”

A mãe de Meghan, Doria Ragland, estava presente tanto no batismo de Archie quanto na foto oficial da família real.

Até onde se sabe, Thomas Markle nunca conheceu o marido da filha, com quem ele também não fala desde o dia do casamento, no ano passado.

Apesar de ter sido convidado para o casamento real e estar incumbido de levar a filha ate o altar, ele foi excluído da cerimônia um dia antes, após confirmações de que teria colaborado com alguns paparazzis em troca de dinheiro.

Thomas já se manifestou para a mídia, dizendo que acha o tratamento da filha injusto. “Fui um bom pai. Não fiz nada de errado. Assassinos matam 19 pessoas e suas filhas ainda os visitam na prisão,” ele disse em janeiro. “É incompreensível que Meghan me trate dessa forma.”

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos