Paolla Oliveira quebrou o silêncio nesta terça-feira (2) e desmentiu ser a mulher que aparece em um vídeo com cenas de sexo explícito. A atriz afirmou no Instagram que já acionou o advogado Ricardo Brajterman e irá processar os culpados.

“Hoje me deparei com uma MENTIRA circulando sobre mim. SUPOSTAMENTE eu estaria em um vídeo onde CLARAMENTE não sou eu”, afirmou na publicação. “Precisamos ter mais responsabilidade ao espalhar alguma “notícia”, principalmente num período onde a verdade tem cada vez menos espaço”.

“Esse boato que criaram a meu respeito acontece num momento em que a sociedade está mais atenta em combater todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres. Seja contra mim ou contra qualquer outra. Então não vou me calar”, avisou Paolla.

A atriz, apoiada por fãs e colegas nos comentários, afirmou já ter acionado o advogado e completou: “vou atrás dos culpados por esse crime”.

Em seu Instagram, Brajterman disse que irá tomar “as medidas judiciais cabíveis nas esferas cível e criminal contra aqueles que compartilharem ou publicarem qualquer imagem pornográfica associando o nome de Paolla à pornografia.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hoje me deparei com uma MENTIRA circulando sobre mim. SUPOSTAMENTE eu estaria em um vídeo onde CLARAMENTE não sou eu. Em dois minutos de pesquisa, qualquer pessoa que teve acesso a isso descobriria que não existe isso de supostamente. NÃO SOU EU, É OUTRA MULHER, com nome e profissão já divulgados. FIM. Todos os dias eu sou marcada em imagens de brincadeiras com pessoas falando que supostamente eu sou a Katherine Heigl ou a Rachel McAdams (como nessas imagens que postei). Dia desses até me compararam à modelo Coco Rocha em uma sessão de fotos. Mas são brincadeiras, não estão estampando páginas e sites da imprensa. Imagina se SUPOSTAMENTE saísse por aí que eu ganhei um Emmy de Melhor Atriz por Greys Anatomy, que SUPOSTAMENTE eu fui nomeada ao Oscar por Spotlight, ou outras indicações por minha SUPOSTA participação em True Detective. Precisamos ter mais responsabilidade ao espalhar alguma “notícia”, principalmente num período onde a verdade tem cada vez menos espaço. Esse boato que criaram a meu respeito acontece num momento em que a sociedade está mais atenta em combater todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres. Seja contra mim ou contra qualquer outra. Então não vou me calar!!! A cada dia, nós somos vítimas de ataques físicos e virtuais que não podem mais ser tolerados em hipótese alguma. Acionei o advogado @brajterman e vou atrás dos culpados por esse crime.

Uma publicação compartilhada por Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) em

Fechar X
Sem mais artigos