*Por Roseane Santos

Preta Gil foi a estrela da noite que marcou a inauguração da primeira loja “verde” da Riachuelo. A marca, que está investindo em um modelo sustentável, convidou a cantora para um pocket show no terceiro andar de seu mais novo ponto de vendas, no bairro de Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. Sempre acompanhada do marido, o personal Rodrigo Godoy, a artista não deixou de fazer piada sobre sua forma física. “Já dei uma olhada na coleção e estou pensando em gastar todo o cachê que ganhei. O bom foi ver que tem moda para o número 44 e 46, porque as gostosas também merecem”, brincou.

Ainda falando sobre moda, a cantora confessou que não é muito de seguir tendências, mas algumas peças não podem faltar no seu guarda-roupa. “Acho que uma calça jeans, um blazer e um sapato scarpin sempre estão na moda, pode passar o tempo que for. Eles não podem faltar em closet nenhum”, explicou. Preta também comentou o dinamismo do consumo nos dias atuais.

“O consumidor é muito rápido, as coisas viram moda e deixam de ser de um instante para outro. As grifes tem que ter versatilidade. Acho que a Riachuelo acertou nisso, porque respeita a rapidez desse consumidor. Ela está sempre com estilistas conceituados, com um corte bem feito e o preço é acessível, que é muito importante”, afirmou. Preta também contou que estava emocionada, porque o endereço onde a loja foi instalada era o mesmo de uma antiga sorveteria, que frequentou muito.

“Esse lugar me traz muitas lembranças. Aqui era uma sorveteria, onde eu vinha muito na minha adolescência. Trouxe muita doçura para a minha vida. Quem morava perto daqui e tem por volta de 40 anos hoje, nunca esquece”, recordou.  A moça, que teve um dos casamentos mais badalados do ano, não quis falar do futuro, mesmo com o ano acabando. “Não faço planos, juro. Eu gosto de deixar a vida me surpreender”, finalizou.

Um pouco antes do show de Preta, os convidados contaram com uma apresentação do grupo teatral Flash Móbile, que cantou algumas músicas clássicas sobre o Rio de Janeiro, entre elas Garota de Ipanema e Cidade Maravilhosa. A apresentação surpresa fazia parte da promoção do lançamento de um teatro da Riachuelo, que deve ser inaugurado entre março e abril de 2016. Outros atores também passaram para prestigiar o show da cantora, que durou cerca de uma hora, como Marcelo Serrado, Guilherme Leme e Edwin Luisi.

Uma foto publicada por Riachuelo (@riachuelo) em

A loja ocupará o prédio onde funcionava a icônica Lanchonete Chaika. Com 1.378 m² de área construída, essa unidade é a primeira em processo de certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), reconhecimento emitido pelo U.S Green Building Council (USGBC). Entre as principais iniciativas sustentáveis, estão a instalação de sistema de reuso de águas pluviais, implantação de telhado verde e a utilização de iluminação em LED.

Fechar X
Sem mais artigos