O astro dos filmes de ação enfrentou não só acusações de assédio sexual, como também de tráfico de mulheres. Uma ex-assistente afirmou que o ator a tratava como "seu brinquedo sexual". O processo também afirmava que Seagal mantinha suas assessoras russas para "satisfazer suas necessidades sexuais". Após um acordo, a jovem retirou a queixa.

Divulgação

Regina Simons acusou o ator Steven Seagal de estupro, segundo Vulture. Ela tinha 18 anos quando fez figuração no filme Em Terreno Selvagem (1994) ao lado do astro de filmes de ação Steven Seagal. O ator a teria convidado para ir a uma festa, mas quando chegou ao local ele era a única pessoa presente.

“Ele me levou para o quarto dele e depois fechou a porta. Depois, começou a me beijar, tirou as minhas roupas e logo já estava em cima de mim, me estuprando. Eu ainda não era sexualmente ativa. As pessoas sempre falam em lutar ou fugir, mas ninguém fala sobre ficar petrificada”, afirmou.

Ragina disse ainda: “a única maneira que eu consigo descrever isso é que eu senti literalmente como se eu tivesse deixado o meu corpo. Eu fui pega desprevenida em tudo isso. As lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto e eu sabia que aquilo estava doendo. Ele tinha três vezes o meu tamanho”. A atriz disse que estava chorando enquanto ele a estuprava. “Minha mente de 43 anos sabe processar e  entender o que é um relacionamento de amor e o que sexo consensual é. E não foi nada disso que aconteceu”, completou.

Regina Simons é uma das dezenas de mulheres que já acusaram Seagal de assédio, porém é a primeira que o acusa de estupro. Ela e a modelo Faviola Dadis contaram que denunciaram o ator de 65 anos para a polícia de Los Angeles no mês passado. Dadis afirma que ele tentou agarrá-la durante uma audição em 2002. Portia de Rossi, Julianna Margulies e Jenny McCarthy também acusaram o ator de assédio.

Steven Seagal não comentou as acusações.

 

Fechar X
Sem mais artigos