Tiago Abravanel falou sobre o peso de ser neto de Silvio Santos, em entrevista para o jornal O Globo, deste domingo (11). No ar como Demir, na novela da TV Globo, Salve Jorge, ele fala sobre quando recebeu o convite para trabalhar na emissora concorrente do SBT.

A autora da atual trama do horário nobre, Glória Perez, foi assistir o ator no espetáculo Tim Maia – O Musical, que foi sucesso de bilheteria. Encantada com sua performance, ela resolveu chamá-lo para atuar em Salve Jorge, já que havia feito um papel pensando em Tiago.

“Imagina isso! Obviamente não tinha como responder outra coisa além de ‘sim’. Foi difícil porque eu não queria deixar o Tim Maia de lado, não queria me distanciar do espetáculo. Mas em que outro momento eu poderia fazer uma novelas das 21h na Globo? O convite veio num momento muito especial da minha carreira, de autoaprovação, de mostrar para as pessoas quem é Tiago de verdade”, disse o ator.

Mas o peso de ser o neto do dono do SBT pesou em várias momentos de sua carreira: “Desde que aceitei fazer Salve Jorge, passo por diversas saias justas de pessoas me cobrando: ‘Você está sendo ingrato com o seu avô’. E não é isso. Hoje eu tenho a felicidade de ver meu avô acompanhando a minha história, o meu caminho, que é fruto apenas da minha conquista, independente de qualquer coisa”.

Apesar das dificuldades, Tiago conta que foi recebido de braços abertos pelos artistas da maior emissora do Brasil, mesmo com o medo que sentiu inicialmente de não ser aceito: “Hoje falo, sem nenhuma vergonha, o que já senti na primeira semana: a impressão que tenho é de que trabalho há 15 anos na Globo”.

Apesar dos obstáculos, ela diz ter acertado em sua escolha: “Pensando friamente, hoje eu sou o cara que está trabalhando porque é neto do Silvio Santos ou aquele que é ingrato porque está na Globo. Então eu vou fazer o quê? Ou vou ser padeiro ou tenho que encarar isso. E, digo para você, não me vejo fazendo outra coisa. Isso corre no meu sangue, não tenho como negar. Eu preciso me comunicar. E acho que isso herdei do meu avô. Desde o início eu sabia que seria assim. E, olha, até agora com críticas e elogios, estou amando essa loucura”.

Fechar X
Sem mais artigos