A Paper Magazine já tinha divulgado, nesta segunda-feira (8), a capa da sua edição de junho, que traz a Miley Cyrus nua com o seu porquinho Bubba Sue:

Miley Cyrus para a Paper Magazine
Hoje (9), a revista liberou mais várias fotos beeeem loucas e peladas da cantora. Nelas, a Miley aparece toda psicodélica e “illuminatti”, suja de lama e em posições nada normais. Vem ver o resultado:

Fechar X

E a Miley ainda revelou várias coisas sobre a sua vida (e a gente está achando ela mais incrível ainda), como por exemplo:

1) Ela não se sente o tempo todo uma menina… nem menino:

“Eu não me identifico nem homem, nem como mulher. E eu não procuro um parceiro pelo gênero”.

2) Aos 14 anos, ela disse para a mãe dela que ela gostava de mulheres… de um jeito diferente:

“Ela me perguntou o que eu queria dizer com isso. E eu disse que eu amava ela que nem eu amo os meninos”.

3) Ela está aberta a qualquer tipo de relacionamento amoroso, desde que…:

“Todo tipo de relacionamento que não envolva pedofilia, animais e que seja consentido, eu estou dentro.”

4) Ela já teve relacionamentos sérios com garotas:

“Eu tive. Mas ninguém nunca deu muita atenção para isso.”

5) Ela pode fazer suas próprias músicas:

“Eu não tenho que ter compositores ou produtores para fazer uma música. Mike Will só precisa me mandar uma mensagem e eu vou para o meu estúdio, trabalhar sozinha”.

6) Ela, assim como a Beyoncé, é vegana:

Miley contou na revista que, depois da morte do seu cachorrinho Floyd, enquanto ela estava em turnê pelo seu álbum Bangerz, ela parou de comer carne quase que imediatamente. Hoje, ela não come mais nada de origem animal.

7) E ela comentou as suas razões para criar a Happy Hippie Foundation:

Eu não consigo sair para dirigir meu Porsche e não fazer nada a respeito. Eu vejo isso todo dia: ricos em seus carros de luxo passando por essas pessoas na rua todos os dias, essas mulheres que foram estupradas. Sabe, eu estava fazendo um show duas noites atrás e estava usando uma pasta de borboleta para cobrir o mamilo e asas de borboleta. Eu estou de pé lá, com meus peitos para fora, vestida como uma borboleta. Como essa porra é justa? Como eu sou tão sortuda?”


Para quem não sabe, a Happy Hippie Foundation é uma organização sem fins lucrativos, lançada no início deste ano, para ajudar moradores de rua e crianças LGBT. Vem ver um dos vários vídeos que ela fez para apresentar a fundação:

Fechar X
Sem mais artigos