Mamba negra é uma das serpentes mais venenosas do mundo

Reprodução Mamba negra é uma das serpentes mais venenosas do mundo

A mamba negra é uma das serpentes mais letais do planeta. Seu veneno pode matar um ser humano adulto em apenas 40 minutos. Um dos sobreviventes desse feroz ataque é o fotógrafo Mark Laita, que em 2012 foi picado pelo animal e chega a ser citado no tópico da serpente no Wikipedia.

Na época, o fotógrafo trabalha no registro de seu livro Serpentine, com imagens de serpentes. Uma das escolhidas foi a mamba, conhecida por ser rápida e extremamente perigosa para os humanos. Sua picada é considerada praticamente uma sentença de morte caso a pessoa não receba o antídoto em tempo.

A serpente que picou Laita era de colecionador da América Central. Embora alguns destes entusiastas mandem retirar suas glândulas produtores de veneno, esta em questão não tinha passado pelo procedimento.

Durante a sessão de fotos, o profissional estava fazendo uma troca de câmeras, quando o proprietário da mamba usou um gancho para pegá-la. No entanto, o gancho ficou preso em um fio do estúdio e acabou assustando a serpente, que partiu rapidamente me direção ao fotógrafo, onde o mordeu na região da canela.

“O sangue começou a voar. As duas presas pegaram uma artéria, como se ela soubesse o que estava fazendo”, disse Laita ao site Strange Behaviors. Levado ao hospital, ele passou por todos os procedimentos, mas não tinha nenhum veneno em seu corpo. Ou a cobra mordeu sem expelir a secreção ou ela foi “expulsa” pelo fluxo intenso de sangue.

Após todo o incidente, Laita começou a rever todas s fotos tiradas durante a quase desastrosa sessão. Foi só aí então que viu a foto abaixo, quando registrou justamente o momento em que foi atacado.

Foto de Mark Laita mostra momento exato do ataque

Mark Laita/Reprodução Foto de Mark Laita mostra momento exato do ataque

Fechar X
Sem mais artigos