Crédito: Clement Marin - DPPI Media

Crédito: Clement Marin – DPPI Media

O WEC, Mundial de Endurance, decidiu acabar com a presença das “grid girls”, as mulheres que ficavam segurando placas com os nomes dos pilotos antes da largada. A escolha foi anunciada por Gérard Neveu, diretor-executivo da categoria, em entrevista à Reuters.

Segundo Neveu, atualmente as mulheres possuem um papel diferente na sociedade e que mudanças eram necessárias.

“Para mim, isso é passado. A condição das mulheres é um pouco diferente hoje. A partir de Silverstone, na próxima semana, vocês verão que nenhuma das corridas terão grid girls”, declarou Neveu. Ele ainda fez questão de dizer que o importante na competição são os carros e os pilotos.

Anthony Davidson, que compete na categoria pela Toyota, defendeu a decisão. “Acho uma coisa boa e moderna também. É um pouco sexista”, afirmou.

Fechar X
Sem mais artigos