A iniciativa da Asus de fazer um computador popular voltado para a inclusão digital é barrada pelas taxas de importação no Brasil. O produto é classificado como laptop na alfândega e o preço pula de 250 dólares para 1099 reais (equivalente a mais de US$600).

O modelo, chamado Eee PC 4G Surf, tem tela de 7 polegadas, 512 MB de memória RAM, processador Intel Celeron de 900 MHz, 4 GB de disco rígido e entradas para conexão wi-fi e Ethernet e vem com Linux instalado, mas é compatível com Windows. Chega ao Brasil em dezembro e pode passar a ser fabricado aqui num futuro próximo.

As três letras “e” no nome são referentes ao conceito “easy to learn, easy to work, easy to play” (fácil de aprender, fácil de trabalhar, fácil de brincar, em português). O EEE PC não é o único computador a focar na inclusão digital: o XO OLPC (Um Laptop Por Criança, na sigla em inglês) e o Intel Classmate serão lançados a 200 e 400 dólares, respectivamente.

Fechar X
Sem mais artigos