Professores fazem de tudo para conseguir a atenção total de um aluno em sala de aula, mas muitas vezes, apesar do aluno parecer estar seguindo bem a aula, ele esta com a cabeça longe e, simplesmente, não está concentrado. Pensando nisso, uma escola na França está usando um programa de inteligência artificial que identificar quais alunos estão prestando atenção na aula.

A ESG Business School in Paris vai começar a partir de setembro a usar o software Nestor, que usa webcams para examinar o movimento dos olhos e expressões faciais para estabelecer o quanto aquele aluno está prestando atenção a uma aula em vídeo.

1234

“Nas décadas passadas, todo mundo achava que os táxis iriam existir para sempre. A Uber destruiu o sistema para reconstruí-lo. Eu quero fazer algo similar na educação, especialmente para os alunos mais pobres e que usam aprendizado virtual”, disse Marcel Saucet, fundador da LCA Learning, que criou o Nestor, para o site Mashable.

Usando 20 marcas no rosto do usuário – olhos, sobrancelhas, lábios, boca – o Nestor consegue entender o comportamento da pessoas em frente a uma aula de 5 minutos em vídeo. “Estamos usando uma máquina de algoritmos de aprendizagem  para melhorar o desempenho da ferramenta. Além disso, estamos trabalhando com psicanalistas, como o Dr. Saverio Tomasella, para manter uma compreensão humana na solução e torná-la mais precisa”, contou. No final do vídeo, os alunos precisam responder um quiz focado nos momentos em que eles não estavam aprendendo nada.

12345

Nestor – que foi apresentado no Conselho Mundial da ONU em Nova York – irá recolher dados dessas sessões para construir um padrão que prevê quando os alunos estão mais propensos a perder o foco. Além disso, o software pode ser integrado com as redes sociais dos alunos e tem uma agenda que sugere bons horários de estudo.
“Se rotina de um estudante é assistir ao YouTube às 10h nos dias de semana, Nestor sugere que eles podem estudar exatamente neste horário”, completou. Inicialmente, o Nestor vai trabalhar voluntariamente em alunos remotos em duas aulas online na ESG Business School. O planejamento é estender isso para todos os alunos, que receberão notificações quando não estão mais prestando atenção.  Isso também ajudará professores a construírem um conteúdo mais efetivo.
Fechar X
Sem mais artigos