O meia espanhol Cesc Fábregas, do Arsenal, anunciou nesta sexta-feira que permanecerá no clube nesta temporada, frustrando os planos do Barcelona.

O clube espanhol apresentou duas propostas para contratá-lo, mas ambas foram negadas pela direção dos ‘Gunners’. O técnico e ‘manager’ do time inglês, Arsene Wenger, já havia definido o jogador como “inegociável”.

Em declaração divulgada por seu agente, Fábregas explicou que como Arsenal e Barcelona não chegaram a um acordo para sua transferência, sua intenção agora é “se concentrar 100%” em sua atual equipe visando a temporada 2010/2011.

O jogador, de 23 anos, foi o centro de inúmeras especulações desde que, em maio, confirmou pessoalmente na Espanha seu desejo de voltar a vestir a camisa do Barça, equipe que o revelou e de onde saiu para o futebol inglês em 2003.

Uma das ofertas feitas pelo clube catalão para repatriar Fábregas foi de 30 milhões de libras (R$ 83 milhões), segundo a imprensa espanhola.

“Em primeiro lugar, gostaria de pedir desculpas a todos os torcedores do Arsenal por não falar antes sobre meu futuro, mas não sabia o que ia fazer até este momento”, disse Cesc.

“Não posso negar que a chance de ir para um clube como o Barcelona era atrativa para mim. É o clube no qual aprendi a jogar futebol, é meu lar, onde estão meus amigos e minha família, e onde sempre sonhei em jogar”, explicou o jogador.

Fábregas declarou, por fim, que também que é “um profissional” e que entende “os motivos que levaram o Arsenal” a não vendê-lo.

Fechar X
Sem mais artigos